13 julho, 2011

Tu não queres sentir aquele nervosinho no estômago?  Um beijo quente, ardente e doce? E de manhã,  a única coisa que te faz levantar da cama é ele? E quando o vês não consegues simplesmente deslocar o olhar? E as borboletas? São verdadeiramente a melhor parte... Tudo isso penso que vale a pena tudo o que senti e o que estou a sentir, aquela dor estúpida... Nada e comparado com isto. Pois tudo o que escrevi faz me querer mais! Se fosse apenas o toque do corpo aquela coisa sem jeito não valia a pena. E acho que nunca deveríamos deixar de amar, e sentir muito mais o feeling, a paixão porque a dor é somente uma preliminar, e se podermos acreditar que tudo isto não foi em vão e que todos os sentimentos bons compensaram os maus, seguiremos em frente. Sem rancores, magoas. Apenas temos de admitir que acabou e que esta na hora de seguir em frente.

&Daniela

3 comentários: